Suspeito admite crime e diz que tentou expulsar cliente de loja para continuar estupro contra funcionária

À Banda B, a delegada Vanessa Alice, da Delegacia da Mulher, afirmou que teve uma conversa informal com o acusado nesta sexta (16)

A Delegacia da Mulher informou, nesta sexta-feira (16), que o homem suspeito de roubar e estuprar a funcionária de uma loja no Centro de Curitiba admitiu ter cometido ambos os crimes. Segundo a polícia, o homem ainda teria se passado por um trabalhador do brechó e tentado expulsar uma cliente que entrou no local para ver roupas, apenas para poder continuar a violência sexual contra a vítima.

À Banda B, a delegada Vanessa Alice afirmou que teve uma conversa informal com o acusado. Guilherme Penkal, de 38 anos, se apresentou à Polícia Civil no inicio da madrugada desta sexta-feira (16), após ter sua foto foi divulgada nas redes sociais nesta semana. O interrogatório oficial está previsto para esta tarde.

“Ele mandou a vítima aguardar fechada no escritório e foi atender essa cliente. Inclusive, dizendo que não poderia atendê-la porque só estava cuidando da loja para a funcionária. A cliente, porém, insistiu que queria ver as roupas. Então, o homem disse que a mulher poderia ficar olhando as roupas que iria ‘para dentro’. Ele voltou, fechou a porta do escritório e continuou a violência sexual contra a vítima”, detalhou a delegada à Banda B.

A própria vítima esteve na Delegacia da Mulher e reconheceu o suspeito nesta sexta. Ela precisou de minutos para confirmar a identidade do acusado. Muito abalada, segundo a polícia, ela ficou por pouco tempo na sede da delegacia no bairro Cabral, na capital.

“Ele disse que realmente praticou o crime, e tem, desde criança, uma ‘coisa’ que dá nele; que não ‘consegue se segurar’. Então, ele diz que comete o crime de estupro ou passa a praticar atos obscenos em público – que são os dois antecedentes criminais que ele já possui”, comentou a delegada sobre a conversa que teve com o suspeito.

Banda B

Delegacia da Mulher (Foto: SMCS)
Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply