PM atende 4 casos de ameaças em Toledo, uma delas, mulher foi atropelada pelo namorado

Ontem (11), por volta das 13h00, uma equipe policial foi informada via 190 sobre uma situação de ameaça. Ao chegar, uma senhora relatou a equipe que seu cunhado chegou na sua residência e começou a discutir com ela e seu esposo, pois eles aceitavam sua ex mulher na casa deles. Diante do ocorrido o suspeito ameaçou o casal de morte, jogou uma lajota na direção de seu marido na tentativa de lesioná-lo. Em diligências, ao suspeito foi dada voz de prisão e encaminhado para o Termo Circunstanciado, mediante representação das vítimas.

A segunda ocorrência, foi por volta das 08h30, uma equipe policial foi acionada, onde a solicitante estaria sendo ameaçada pelo seu esposo. Em diligências, esta equipe fora recebida pela vítima e filha do casal, onde ambas relataram que sofrem violência psicológica e física durante anos, relatam ainda que na data de hoje não houve violência física, porém como o suspeito estava embriagado, este ameaçou matar as duas solicitantes. As vítimas relatam ainda que o agressor quando não ingere bebida alcoólica não é violento, porém o mesmo faz o uso da bebida diariamente. Diante dos fatos, ao agressor foi dada voz de prisão e encaminhado a 20ª SDP para lavratura do flagrante por violência doméstica.

Atropelamento

Uma equipe da PM foi acionada para deslocar em um endereço, não divulgado pela polícia, aonde encontrava-se uma equipe do SIATE do Corpo de Bombeiros, atendendo uma vítima que teria sido vítima de tentativa de homicídio por atropelamento. No local a equipe fez contato com familiares que informaram que, o autor chegou até o local conduzindo o seu veículo visivelmente alterado, que então a vítima, sendo a sua namorada, teria tido uma breve discussão com o mesmo e na sequência ele teria dito que iria sair com o carro, que neste momento a vítima teria tentado impedir o mesmo de sair conduzindo o veículo, indo até a traseira do veículo impedindo a marcha ré, sendo que o mesmo acelerava bruscamente, na sequência ela teria percorrido rapidamente a lateral do veículo quando o autor acelerou bruscamente vindo a derrubar a vítima contra o chão, sendo que da queda a mesma teve escoriações no corpo e um corte na cabeça com sangramento, porém apenas lesões superficiais. O autor na sequência saiu conduzindo o veículo tomando rumo ignorado. A vítima foi conduzida pelo SIATE até a UPA e a equipe realizou patrulhamento porém sem sucesso.

Já o 4º caso, foi por volta das 17h45, no local estava ocorrendo uma briga generalizada. Foi constatado o fato e visto que uma mulher estava deitada sendo contida por outra mulher e demais pessoas exaltadas em volta das duas. Em conversa com os envolvidos para tentar entender o ocorrido foi dito que a sra. estava sendo contida, pois estava descontrolada tentando agredir seu ex companheiro e pessoas que o acompanhavam. Fato este que se iniciou na residência de uma das envolvidas da situação, onde ex-companheiro da pessoa contida, estava chegando acompanhado de outra mulher, que é irmã da proprietária da residência onde tudo se iniciou, que a pessoa contida acabou agredindo estas pessoas e também ameaçava matar.

Esta, logo após, evadiu-se do local e os agredidos aproveitaram a ausência desta e tentaram se deslocar até a delegacia de polícia para registrar boletim de ocorrência, quando já em deslocamento o ex-companheiro da autora, relata que esta “fechou” com o seu veículo , o obrigando a parar. Neste momento iniciou-se nova discussão e que esta subiu em cima do carro do seu ex-companheiro, para forçá-lo a sair do veículo, onde este saiu e foi novamente agredido. Com a chegada da equipe, esta foi contida e levado todas as partes até a 20ª SDP para confecção do bou e medidas judiciais necessárias.

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply