3 anos completa da morte de Elder Coutinho; família ainda está sem respostas

Completou nesta segunda-feira (05), 3 anos da morte de Elder Coutinho, morto no dia 05 de julho de 2018, quando foi atingido por uma GM S10, no Ginásio de Esportes Tancredo de Almeida Neves, no Jardim Progresso.

A família e amigos próximos, até hoje não tem uma resposta da justiça.

Mesmo o réu confessando a autoria do crime, o caso ainda está em andamento, mas, sem respostas.

Foi enviado para a redação do Policial Web, um áudio do pai de Elder, bem como um dos amigos da família, o Professor Carlinhos, que demostrou o sentimento que vive no momento, confira no vídeo a cima.

No dia do fato

Elder sofreu ferimentos considerados graves, não resistiu e faleceu. Após fugir do local, pouco tempo depois, o autor se apresentou na sede da 3ª CIA, ficou um tempo detido e depois solto, onde responde em liberdade.

O advogado da vítima que cuidava do caso, infelizmente faleceu por complicações da covid este ano em Toledo.

Confira os links do caso a baixo, completo.

Dr. Jomah Hussein falece de complicações pelo Covid em Toledo
Dois anos da Morte de Elder Coutinho
Um ano completa hoje da morte de Elder Coutinho
S10 invade Ginásio e mata Secretário de esportes de Assis

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply