Felipe Neto é intimado a depor por chamar Bolsonaro de “genocida”

A queixa-crime contra o youtuber foi aberta pelo filho nº 2 do presidente, Carlos Bolsonaro, alegando “crime contra a segurança nacional”

Felipe Neto revelou em seu Twitter que foi intimido pela polícia para responder por “crime contra a segurança nacional”. O motivo, segundo o youtuber e influencer, teria sido chamar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de “genocida”. A queixa-crime foi aberta pelo filho “02” do chefe do Executivo federal, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ).

1) Um carro da polícia acaba de vir na minha casa. Trouxeram intimação p/ q eu compareça e responda por CRIME CONTRA SEGURANÇA NACIONAL Pq chamei Jair Bolsonaro de genocida. Carlos Bolsonaro foi no mesmo delegado q me indiciou por “corrupção de menores”. Sim, é isso mesmo.

Imagem

Banda B e Metropoles

Compartilhar:

1 Comentário

Leave a Reply