Menor é apreendido após anunciar assalto em dois estabelecimentos de Assis Chateaubriand

Assis Chateaubriand – Um menor de 14 anos foi apreendido após praticar um assalto em uma sorveteria, localizada no centro da cidade. De acordo com informações da proprietária, o fato aconteceu por volta das 12h00 desta quarta-feira (28), quando um elemento de bermuda na cor preta e uma blusa de moletom com toca, também na cor preta, boné na cor vermelha, entrou no estabelecimento fazendo menção de estar armado, deu voz para que todos deitassem no chão, sendo que a solicitante não deitou e ficou assustada, momento em que tal indivíduo deixou o local sem levar nada.

Pouco tempo depois, o mesmo elemento entrou em uma loja e também fez menção de estar armado, do mesmo modo operante, deu ordem para que todos deitassem no chão, porém, uma pessoa não entendeu muito bem o que estava acontecendo, momento em que o indivíduo saiu do local sem levar nada.

A Polícia Militar após os fatos foi acionada e de posse das informações, a equipe policial em diligência encontrou o menor, suspeito de ter praticado os crimes. O elemento estava na Praça da Nossa Senhora do Carmo, sendo que no momento em que a equipe policial deu voz de abordagem, este tirou de sua cintura um pedaço de cano na cor azul, em formato de arma de fogo, que por baixo das vestimentas aparentava ser, realmente, arma de fogo.

Foi questionada ao adolescente o porquê estava entrando nas lojas com tal pedaço de cano e dando ordem para as pessoas deitarem no chão, momento em que respondeu que estava brincando. Diante das circunstâncias narradas pelas vítimas, o adolescente foi conduzido até a sede da 3ª CIA, para a lavratura do boletim de ocorrência, ante o ato infracional por ele praticado.

Após informar ao adolescente que seria encaminhado pelo tal ato infracional, este começou ficar agitado, nervoso, inquieto, razão pela qual, foi realizado o uso de algema para garantir sua própria segurança, bem com a segurança da equipe policial.

Já na sede da 3ª CIA, foi acionada a presença do Conselho Tutelar para acompanhamento do feito. na sequência, o adolescente e as vítimas foram conduzidos a 48ª DRP, para procedimentos de polícia judiciária.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, fora esta situação, consta contra o menor, 28 boletins de ocorrências foram registrados. Contanto com esta data, soma 29. Uma soma preocupante, pois a Polícia Militar sempre apreende, mas, por conta da falta de atenção do Poder Judiciário, entre outros órgãos de segurança publica que poderiam criar ações sociais para tirar adolescentes do mundo do crime, infelizmente são esquecidos, com isso, boletins e mais boletins de ocorrências são gerados, não só em Assis Chateaubriand, mas em todo o Brasil.

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply