Boletim Covid: Secretaria de Saúde confirma 18 casos nesta quinta-feira

Dos 81 pacientes em tratamento, seis estão internados com três na UTI

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou mais 18 casos de coronavírus (Covid-19) em Assis Chateaubriand. No boletim desta quinta-feira (10), foram registrados seis homens com idades entre 22 e 86 anos, dez mulheres de 21 a 58 anos e duas jovens de 13 e 17 anos. O número oficial de pessoas diagnosticadas com Covid na cidade chegou a 860 e a quantidade de curados a 771.

Entre os 81 pacientes atualmente em tratamento, três estão internados na UTI e outros três na enfermaria do Hospital Beneficente Moacir Micheletto, enquanto que 75 seguem tratamento domiciliar com determinação da Vigilância Sanitária para que mantenham isolamento social. Eles assinaram o Termo de Notificação e Consentimento, onde são alertados das consequências administrativas e criminais previstas em decreto municipal e no Código Penal Brasileiro, caso sejam flagrados descumprindo o isolamento durante o período estabelecido pelos profissionais de saúde.

Ainda conforme o novo boletim, há 108 casos suspeitos em investigação e o total de exames com resultados negativos é de 1.774.

Mortes

Assis Chateaubriand registra oito óbitos por Covid-19, sendo quatro homens de 73, 77, 85 e 73 anos, ocorridos nos dias 25 e 12 de setembro, 13 e 14 de julho, e quatro mulheres com 71, 79, 37 e 88 anos, nos dias 28 de agosto, 4 e 5 de junho, e o mais recente no dia 3 de novembro.

Toque de recolher das 23h às 5h

Na tarde da última segunda-feira (7), a Prefeitura Municipal decretou que seguirá as medidas determinadas pelo decreto estadual 6.294/2020, editado na última quinta-feira (3) pelo Governo do Paraná, com novas regras para enfrentamento e prevenção ao contágio do coronavírus (Covid-19).

As medidas tratadas no âmbito local estão em consonância com os decretos estaduais, sendo complementado com a manutenção do protocolo da Secretaria Municipal de Saúde sobre a utilização obrigatória de pulseiras para identificação e controle dos casos notificados como positivos e suspeitos até que o paciente e seu núcleo familiar receba alta pelo profissional da equipe multidisciplinar.

O decreto também prevê que servidores públicos municipais dos grupos considerados de risco requisitem autorização para regime de trabalho remoto ou escalas diferenciadas com horários alternativos. A concessão vale para funcionários acima de 60 anos, gestantes, lactantes, portadores de doenças crônicas e problemas respiratórios.

Entre as medidas previstas no decreto estadual que devem ser cumpridas em Assis Chateaubriand, está o toque de recolher das 23h às 5h. O texto assinado pelo governador Carlos Massa Ratinho Júnior também proíbe a comercialização e o consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas, bem como a circulação de pessoas neste período.

Por 15 dias (até 18 de dezembro, podendo ser prorrogado), o Estado também proibiu confraternizações e eventos presenciais que causem aglomerações com grupos acima de 10 pessoas acima de 14 anos. As igrejas estão autorizadas a realizar celebrações religiosas com ocupação máxima de 30% do espaço, garantindo afastamento mínimo de dois metros entre as pessoas.

Criado com a finalidade de mobilizar e coordenar as atividades e medidas a serem adotadas para minimizar os impactos decorrentes da situação de emergência em saúde pública, o Gabinete de Crise permanecerá instalado até 31 de dezembro.

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply