Coronavírus: Município segue determinação do decreto estadual

Toque de recolher vigora das 23h às 5h em todo o Paraná

A Prefeitura Municipal decretou, na tarde desta segunda-feira (7), que seguirá as medidas determinadas pelo decreto estadual 6.294/2020, editado na última quinta-feira (3) pelo Governo do Paraná, com novas regras para enfrentamento e prevenção ao contágio do coronavírus (Covid-19).

As medidas tratadas no âmbito local estão em consonância com os decretos estaduais, sendo complementado com a manutenção do protocolo da Secretaria Municipal de Saúde sobre a utilização obrigatória de pulseiras para identificação e controle dos casos notificados como positivos e suspeitos até que o paciente e seu núcleo familiar receba alta pelo profissional da equipe multidisciplinar.

O decreto também prevê que servidores públicos municipais dos grupos considerados de risco requisitem autorização para regime de trabalho remoto ou escalas diferenciadas com horários alternativos. A concessão vale para funcionários acima de 60 anos, gestantes, lactantes, portadores de doenças crônicas e problemas respiratórios.

Entre as medidas previstas no decreto estadual que devem ser cumpridas em Assis Chateaubriand, está o toque de recolher das 23h às 5h. O texto assinado pelo governador Carlos Massa Ratinho Júnior também proíbe a comercialização e o consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas, bem como a circulação de pessoas neste período.

“É claro que o vírus não tem horário, mas cerca de 15% dos nossos leitos de UTI são usados em decorrência de traumas. Em muitos casos, por pessoas que bebem, pegam o carro e acabam se acidentando. Isso libera leitos para combater o coronavírus e dar assistência a quem está contaminado”, disse Ratinho Junior.

Por 15 dias (até 18 de dezembro, podendo ser prorrogado), o Estado também proibiu confraternizações e eventos presenciais que causem aglomerações com grupos acima de 10 pessoas acima de 14 anos. As igrejas estão autorizadas a realizar celebrações religiosas com ocupação máxima de 30% do espaço, garantindo afastamento mínimo de dois metros entre as pessoas.

Criado com a finalidade de mobilizar e coordenar as atividades e medidas a serem adotadas para minimizar os impactos decorrentes da situação de emergência em saúde pública, o Gabinete de Crise permanecerá instalado até 31 de dezembro.

Leia o decreto, AQUI.

Boletim diário

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou 11 novos casos de coronavírus (Covid-19) em Assis Chateaubriand, nesta segunda-feira (7). No boletim, foram registrados dois bebês de 2 e 3 anos, uma criança de 5 anos, cinco homens de 24, 29, 50, 65 e 69 anos, e três mulheres de 23, 33 e 42 anos de idade.

O número oficial de pessoas diagnosticadas com Covid chegou a 818 na cidade e a quantidade de curados a 747. Entre os 63 pacientes em tratamento, três estão internados no Hospital Beneficente Moacir Micheletto, enquanto que 60 seguem tratamento domiciliar com determinação da Vigilância Sanitária para que mantenham isolamento social. Eles assinaram o Termo de Notificação e Consentimento, onde são alertados das consequências administrativas e criminais previstas em decreto municipal e no Código Penal Brasileiro, caso sejam flagrados descumprindo o isolamento durante o período estabelecido pelos profissionais de saúde.

Ainda conforme o novo boletim, há 100 casos suspeitos em investigação e o total de exames com resultados negativos é de 1.748.

Mortes

Assis Chateaubriand registra oito óbitos por Covid-19, sendo quatro homens de 73, 77, 85 e 73 anos, ocorridos nos dias 25 e 12 de setembro, 13 e 14 de julho, e quatro mulheres com 71, 79, 37 e 88 anos, nos dias 28 de agosto, 4 e 5 de junho, e o mais recente no dia 3 de novembro.

Confira o decreto na integra, clicando aqui

Assessoria

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply