Homem é detido após agredir idoso de 80 anos acamado em Toledo

Era por volta das 19h05 desta segunda-feira (23), a equipe policial do setor sul de Toledo, foi acionada, para verificar uma denúncia de maus tratos e lesão corporal contra um idoso de 80 anos de idade.

No local, uma residência localizada na Rua Santo Antônio, no bairro Boa Esperança, a equipe policial se deparou com o fim de uma discussão de casal, que teria ocorrido no âmbito de uma confraternização entre amigos.

Separadas as partes, em conversa com a vítima do que se constatou ser uma violência doméstica praticada através de lesão corporal, de 41 anos de idade relatou a equipe policial que momentos antes da chegada da equipe, seu namorado e autor, e 49 anos de idade, após ter ingerido bebida alcoólica, teria quebrado diversos pertences da casa dele, vindo a ameaçar ela e um de seus filhos de morte, desferindo após isso diversos socos contra a vítima, que apresentou as lesões corporais em seu rosto, visíveis a equipe policial principalmente na região da testa da vítima.

Feita diligência no interior da residência, em conversa com o pai do autor, o senhor de 80 anos de idade, o mesmo relatou ter sido agredido pelo seu filho na presente data, apresentando a equipe policial um corte exposto acima do seu olho direito, e ainda afirmando, fato que foi corroborado pela solicitante, que há um histórico de maus trato de violência física perpetrada da parte do autor contra seu pai, que possuí 80 anos de idade, e em virtude de um AVC sofrido anos atrás, esta acamado, sem condições de sair de casa.

O senhor de 80 anos de idade, ainda em relato a equipe policial, afirmou categoricamente que há cerca de dois meses, teria levado um soco em seu olho esquerdo após dizer ao autor que ele deveria beber menos, relatando ainda que desse soco teria resultado uma lesão corporal cujos sinais demoraram mais de um mês para desaparecerem.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao autor, pela lesão corporal praticada contra solicitante.

Também foi dada voz de prisão ao autor da violência doméstica mencionada pela lesão corporal apresentada pelo seu pai, bem como pela situação de exposição a perigo a integridade física do idoso, constatada pela equipe policial nos moldes do artigo 99 da lei 10.741/03 (estatuto do idoso).

Com a exceção do idoso, que se encontra acamado e impossibilitado de sair de casa por questões de saúde, tanto o autor dos fatos supracitados quanto a vítima de violência doméstica no âmbito da lei maria da penha, foram encaminhados à 20ª SDP para tomada das demais medidas cabíveis para o caso.

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply