Ameaça e difamação, vira caso de polícia em Tupãssi

A situação aconteceu por volta das 10h15 desta quinta-feira (10) em Tupãssi, sendo que uma senhora procurou a PM informando, que possui a guarda da menor, há aproximadamente uns 9 meses e juntamente com a irmã, relata que sua irmã, a mãe das crianças a senhora, há um bom tempo tem se envolvido com alcoolismo e com isso, as crianças tem ficado sob os cuidados da senhora, e com isso, frequentemente, a sua irmã, tem apresentado bastante problema, em razão de beber muito, além também difamar a senhora, dizendo palavras de baixo calão.

Com isso, vem denegrindo a imagem da senhora dentro da cidade e para outras pessoas conhecidas, também na frente de suas filhas.

Relata que a senhora está morando do lado de sua casa, em razão de estar ocupando a casa da mãe e por esse motivo vem apresentando diversos problemas para a senhora.

A irmã vem ameaçando a sua filha também, dizendo frequentemente que vai até o sítio, onde sua filha mora, atear fogo na propriedade e matar todos os que lá residem.

Relata que sua irmã vem frequentemente fazendo difamações contra sua pessoa, em que disse, em uma lanchonete da cidade que a senhora mantinha relações com o marido da dona da lanchonete por mais de 02 anos e ainda dizendo outras mentiras contra a vítima, que frequentemente quando chega alcoolizada em casa, começa a proferir xingamentos.

Ainda, na segunda-feira (07), quando ocorreu uma situação de violência doméstica, em que o amásio da autora, foi preso em flagrante, começou a fazer xingamentos e ainda a discutir com senhorita, em que proferiu xingamentos.

Relata ainda que frequentemente, quando acontece qualquer situação de desentendimento com o amásio, então ela vem para a casa da senhora, em estado de embriaguez, e começa a provocar transtorno para os familiares da senhora.

Diante dos fatos, para manter sua integridade física e também afim de que não ocorra mais essa situação de violência, pretende a noticiante registrar o presente boletim de ocorrências afim de que sejam resguardados seus direitos e que sejam adotadas as providencias cabíveis frente sua irmã, pois pretende obter o distanciamento da mesma.

A parte foi orientada quanto aos procedimentos e o boletim encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Assis Chateaubriand.

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply