Durante ocorrência, homem desacata policiais em Maripá

Por volta das 15h26 de ontem (28), a equipe policial foi solicitada através de ligação no celular da PMPR, o qual a solicitante informou que seu irmão estava embriagado conduzindo seu veículo pela cidade de forma perigosa, colocando sua integridade e a de terceiros em risco.

Caso a equipe visualizasse o veículo Fiat Palio Weekend de cor prata, com seu irmão que fosse tomado as devidas providências. Passado alguns minutos nova ligação, desta vez da esposa do solicitante, relatando que o noticiado estava a ponto de agredir o noticiante, que fez ameaças e logo se evadiu pegando carona em uma caminhonete. Foi deslocado até o local informado, que foi abordado à caminhonete onde a vítima estava, que ao ser advertido sobre sua conduta investiu contra o policial com o intuito de medir forças, que foi novamente advertido.

O autor se encontrava fora de seu juízo, este policial militar, tendo em vista que o único meio de lograr êxito na prisão pela ameaça, contra seu irmão, pela resistência, desobediência e o desacato, seria usando força letal. Foi solicitado que o mesmo fosse para a casa, minimizando assim o enfrentamento, que o condutor e sua passageira não foram qualificados devido a situação.

Foi solicitado apoio da equipe de Palotina, que logo nova ligação, esta anônima, deu conta de que o autor estava caminhando pela linha Arara, deslocado até a residência de outra pessoa, próximo a antiga Piscina, que foi então abordado e dado voz de prisão.

Para que os envolvidos na ocorrência se resguardassem o mesmo foi algemado, conforme Sumula vinculante do STF de número 11, em revista foi encontrado em seu bolso um celular de marca Samsung, e uma carteira de cor preta com documentos pessoais, e a quantia de R$ 1,725, a abordagem e a contagem do dinheiro foi realizada na presença da pessoa a qual ele estava indo na residência do mesmo durante a abordagem e prisão.

Foi deslocado para Palotina para confecção do boletim e entrega do infrator na delegacia para as providências que a todo o momento proferia xingamentos direcionados à equipe policial.

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply