Durante ocorrência de violência doméstica, PM apreende revólver em São Pedro do Iguaçu

A equipe Policial Militar de São Pedro do Iguaçu foi acionada e segundo informações repassadas, uma mulher estaria apanhando de seu marido e solicitou ajuda. A equipe deslocou até a residência da vítima e durante contato ela relatou que seu marido realizou uso de bebida alcoólica (vinho), e que teve início uma discussão e que seu marido estava de posse de uma arma de fogo do tipo revólver de cor preta que após muita insistência o autor concordou em entregar a arma para sua mãe guardar.

Após isso, a vítima relata que foi ameaçada de morte pelo autor e que em certo momento durante a discussão foi agredida fisicamente com um soco no rosto, e posteriormente jogou a vítima no chão e continuou com as agressões, sendo que o autor foi contido pelo vizinho e por outras pessoas que estavam na residência.

Diante dos fatos relatados e após constatar a lesão aparente no lado direito do rosto da vítima, a equipe realizou contato com o autor e esse relatou que as discussões ocorrem com certa frequência e que já faz tempo que não aguenta mais conviver com sua esposa, porém devido o fato de terem um filho de sete meses não sairia da residência.

A equipe realizou revista pessoal no autor, não sendo encontrada nenhuma arma de fogo, e após indagado sobre a posse de uma arma de fogo, o autor negou e disse que não tinha arma nenhuma, inclusive autorizando a equipe a realizar buscas em sua residência, disse também que sua mulher fica inventando coisas para poder prejudicá-lo.

Diante dos fatos a equipe realizou contato com a mãe do autor, sendo que esta relatou a equipe que durante a discussão e para que seu filho não fizesse nenhuma besteira pegou a arma e guardou em um barracão localizado nos fundos do lote.

A mãe do autor levou a equipe até o local onde foi localizada uma arma de fogo enrolada em uma camiseta preta dentro de um freezer branco, sendo constatado que se trata de uma arma de fogo do tipo revólver Marca Taurus Cal.38 SPECIAL de cor preta municiada com cinco munições intactas, sendo quatro munições marca CBC SPL+P e uma munição marca MFS. Não foi localizado o número de série da arma de fogo.

Diante dos fatos a equipe orientou os envolvidos quanto aos procedimentos cabíveis e deu voz de prisão em flagrante ao autor dos fatos pelo crime de lesão corporal, violência doméstica e posse de arma de fogo de uso permitido.

O autor acompanhou a equipe não sendo necessário uso de algemas. Ambos os envolvidos e a arma de fogo com as munições foram encaminhadas a 20ª SDP para as demais providências cabíveis.

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply