Vítima de estelionato procura a polícia em Tupãssi

Por volta das 08h18 de ontem (12), compareceu no DPM de Tupãssi, o senhor que passou a relatar que na data de segunda-feira (11), uma senhora recebeu ligações e mensagens de um número de celular e uma pessoa que se identificou como oficial de justiça, e que estava realizando a verificação de alguns processos antigos na cidade, e que precisava de algum meio de locomoção que pudesse acompanhar na cidade os procedimentos a serem realizados.

Em seguida, acreditando que poderia se tratar de um oficial de justiça da comarca de Assis Chateaubriand, passou o número de sua esposa que realiza os serviços de táxi. Aproximadamente uns 20 minutos depois, ligaram do mesmo número para a senhora e a mesma pessoa se identificou novamente como oficial de justiça e relatou a mesma situação, e precisava ficar com a esposa do solicitante acompanhando para realizar as verificações e procedimentos na cidade.

Em seguida, começou a realizar questionamentos a respeito do carro, se era novo e confortável, informações que não foram passadas pela esposa da vítima. Neste momento, desconfiando da situação, a mulher desligou o telefone e ligou para o seu esposo, informando a situação e então novamente o número encaminhou mensagens pelo WhatsApp, e ainda áudios, em que solicitava os documentos do solicitante a carteira de identidade, a carteira de motorista, o cartão do banco, todos com foto, pois até que o solicitante chegasse na prefeitura, ele já teria depositado um valor em dinheiro e ainda depositaria um pouco a mais para que o solicitante comprasse alguns itens que tinha mandado pelo WhatsApp em lista.

Diante dos fatos, desejam registrar o presente boletim, a fim de que sejam adotadas as providências cabíveis, bem como que as informações e prints das conversas foram anexadas ao presente boletim.

As partes foram orientadas e o presente boletim foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Assis Chateaubriand.

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply