Governo do Estado lança edital para comprar alimentos da Agricultura Familiar

Foto: Instituto Agro

Paraná – Os agricultores familiares paranaenses interessados em fornecer gêneros alimentícios para o Programa Emergencial Compra Direta Paraná, tem até a próxima segunda-feira, 27, para apresentar suas propostas. O alerta é do deputado estadual Marcel Micheletto (PL), baseando-se no edital divulgado pelo governo do Estado, por meio da secretaria de Agricultura e do Abastecimento que tem por objetivo aquirir de forma emergencial, gêneros alimentícios da agricultura familiar destinados à rede socioassistencial, restaurantes populares, cozinhas comunitárias, bancos de alimentos e hospitais filantrópicos, entre outros.

Também serão atendidos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) e Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas), que poderão disponibilizar os alimentos na forma de cestas básicas diretamente à população vulnerável.

“Estamos em um momento crítico, em razão da pandemia do Covid-19 e o Compra Direta é a forma encontrada pelo governador Carlos Massa Ratinho Júnior para contribuir no abastecimento de alimentos da população em situação de insegurança alimentar e nutricional, além de fazer girar a economia dos pequenos agricultores”, lembra Micheletto.

Para este programa serão destinados R$ 20 milhões, provenientes do Fundo Estadual de Combate à Pobreza. O limite é de até R$ 20 mil por agricultor ao ano. A grande variedade da produção existente na agricultura familiar será contemplada, possibilitando o fornecimento e a substituição de itens em decorrência de problemas climáticos, logísticos ou de sazonalidade.

Os interessados devem acessar o tutorial: http://www.aen.pr.gov.br/arquiv…/2204tutrialcompradireta.pdf ou ainda http://www.agricultura.pr.gov.br/Pagina/Editais-e-Licitacoes

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply