Em patrulhamento por conta da Pandemia PM localiza jogos de azar em comércio de Ouro Verde do Oeste

Ouro Verde do Oeste – Por volta das 10h53 de ontem (02), durante patrulhamento foi abordada um estabelecimento comercial sem nome, localizada na Rua Barão do Rio Branco. O estabelecimento foi verificado por estar aberto, quando todo o comércio do município se encontra fechado, por decreto municipal exarado em razão da pandemia por coronavírus. Abordado o estabelecimento, a atendente informou que o comércio estava em funcionamento em virtude de prestar serviço de loterias e este ser considerado essencial. Solicitada a documentação do estabelecimento, a atendente afirmou que não tinha nenhum documento do estabelecimento ali consigo, mas que poderia chamar a sua gerente.

Em contato com a gerente, não foi apresentado nenhum documento relativo à loteria sem nome, nem alvará, nem CNPJ, nem qualquer outra espécie de documento. Afirmou que poderia mandar buscar, pois a documentação estaria com o contador, mas até o término da lavratura do Termo Circunstanciado nenhum documento foi apresentado. Em dado momento a equipe policial constatou sobre o balcão da loteria sem nome um bloco de papéis presos por um clipe de papel e indagada à atendente, afirmou que eram resultados de alguns jogos. Indagado se seriam resultados do jogo do bicho, respondeu que sim. Indagado como era feito o apontamento dos jogos do bicho, foi respondido que os jogos eram registrados através do notebook que havia ali, sendo o comprovante impresso na impressora.

A gerente do estabelecimento não soube dar explicação sobre a realização de apostas naquele local. Além do talão com resultados do jogo do bicho, havia ainda à venda várias cartelas do título de capitalização “tele sena”, jogos prontos de loterias da caixa econômica, como bolões da megassena e alguns jogos avulsos de loterias da caixa. Havia ainda, à venda, frações da loteria federal. Foi localizada uma máquina, similar às de cartões de crédito, semelhante às utilizadas para realizar o apontamento de jogos do bicho.

Todos os objetos foram apreendidos, acompanhado de um notebook e a impressora ali utilizados, e ainda a quantia de R$ 604,00 (seiscentos e quatro reais) em espécie, que estava no caixa do estabelecimento, e juntamente com a gerente do estabelecimento, foram encaminhados à sede do 19º BPM para a lavratura de Termo Circunstanciado.

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply