Primeiro caso: Criança de 3 anos está com suspeita de Corona Vírus em Assis

Assis Chateaubriand – Na tarde desta quarta-feira (18), através de uma nota da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Assis Chateaubriand, trouxe a público o primeiro caso suspeito de Corona Vírus, COVID-19, no município. Na nota, segue a informação que uma criança de 3 anos, que nos últimos dias esteve no Paraguai com a família, apresentou sintomas parecidos com o vírus.

Esta foi atendida em uma Unidade Básica de Saúde, sendo que o estado é estável. Foi recolhido amostras de exames e encaminhado para o LACEN de Curitiba.

Acompanhe a nota na íntegra a baixo:

MUNICÍPIO DE

ASSIS CHATEAUBRIAND

NOTA OFICIAL

Coronavírus

A Prefeitura de Assis Chateaubriand, através da Secretaria Municipal de Saúde, como forma de garantir total transparência à população sobre a realidade local em relação à pandemia do coronavírus, informa que, no final da tarde desta quarta-feira (18), foi notificada a primeira suspeita do COVID-19 no município.

Trata-se de uma criança, de 3 anos de idade, que nos últimos dias esteve no Paraguai com sua família e apresentou sintomas característicos, como febre, tosse e coriza. Ela foi prontamente atendida em uma das Unidades Básicas de Saúde, seu estado de saúde é estável e está sendo monitorada pela Secretaria de Saúde. O exame foi encaminhado para análise do LACEN (Laboratório Central do Estado), em Curitiba, e o resultado será divulgado nos próximos dias.

Enquanto isso, a família será monitorada e foi orientada a permanecer em quarentena, sem contato com outras pessoas, até que saia o resultado.

A Secretaria Municipal de Saúde afirma que todos os protocolos foram seguidos e que não há motivo para pânico na população, sendo essencial que todas as pessoas, entidades e organizações da sociedade sigam as recomendações e medidas de prevenção.

Na terça-feira (17), de forma preventiva, o Município publicou decreto, assinado pelo prefeito João Pegoraro, declarando situação de emergência no âmbito da saúde pública em razão do risco de surto do COVID-19 pelo período de 180 dias ou por tempo indeterminado.

O decreto estabelece várias estratégicas operacionais para contenção e enfrentamento ao vírus e, entre as medidas adotadas, foram suspensas as aulas na rede municipal e particular de ensino, todas as atividades esportivas e recreativas em grupos de idosos, gestantes, crianças, jovens e adultos, assim como a realização de eventos culturais e esportivos promovidos pelo Município, que permitam aglomeração de pessoas.

O Governo Municipal recomenda que tais medidas sejam seguidas por toda sociedade, evitando a realização de festas, palestras, cerimônias religiosas e demais eventos.

Assessoria de Comunicação

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply