Justiça vai decidir em breve se sentença será ou não favorável para o Município de Assis

Assis Chateaubriand – Após encerrado a audiência sobre o caso da Bedin Sat em Assis Chateaubriand, em breve a justiça devera decidir sobre a sentença que pode ser favorável ou contrário ao município.

Na audiência compareceu vereadores, ex prefeita e outras autoridades, para serem ouvidos, enquanto funcionários da empresa aguardavam pelo lado de fora do Fórum Municipal.

Segundo o vereador Dirceu Vieira de Paula, a promotoria teve um comportamento sensível em relação ao interesse social, sendo emprego para o município e agora, será feita alegações, depois o promotor se manifesta e o juiz da a sentença que pode ser favorável ou contrário ao município, confira a baixo o depoimento do vereador.

A empresa está instalada a mais de 10 anos no município, gerando renda e emprego para a cidade, desde a época da ex prefeita Dalila José de Melo, houve um acordo para a empresa permanecer no município.

Segundo a Bendin, ainda em campanha o ex-prefeito que hoje é deputado, Marcel Henrique Micheletto, prometeu que o imóvel permaneceria para a Bedin, justamente por conta da geração de emprego e impostos para o município.

Ainda de acordo com a empresa, isso não foi cumprido após o mesmo assumir a gestão, revelando outros interesses, provavelmente políticos.

Moradores de Assis Chateaubriand, se solidarizaram a empresa e apoiam que a mesma permaneça de portas abertas na cidade, principalmente na geração de emprego, pois, vários trabalhadores tem filhos, netos, etc.

O Jornalismo do Policial Web, foi o único a acompanhar toda a movimentação com exclusividade, pois segundo os funcionários e até outras lideranças políticas, outras emissoras foram acionadas, mas, ninguém compareceu.

Agora é aguardar com cautela a decisão da justiça para saber se, Bedin pode continuar gerando empregos em Assis ou não.

Entrevista com os funcionários

Matéria relacionada

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply