Servidora registra B.O de assédio sexual contra gerente da GM de Cascavel

Cascavel – No último dia 06, uma servidora da Guarda Municipal, procurou a Delegacia de Polícia Civil de Cascavel para registrar um boletim de ocorrência de ameaça, crime contra pessoa, assédio sexual e crimes a dignidade sexual, contra o gerente operacional da GM. 

Segundo consta no registro, no dia 15 de janeiro a mulher teria procurado o gerente solicitando duas faltas abonadas, o homem informou que só concederia o direito à vítima se ela tivesse um “remember” com ele. Ela então se retirou do local. Segundo a servidora, o fato já foi relatado para Corregedoria e ao secretário da pasta, e uma sindicância teria sido instaurada  no dia 20 de janeiro.

Ainda conforme o B.O, após saber das denúncias, a servidora recebeu ligações de outras pessoas ameaçando que ela perderia o próximo concurso. 

Veja a nota da Prefeitura:

“Sobre os fatos de um suposto assédio sexual por parte do gerente operacional da Guarda Municipal, que teria ocorrido no mês de janeiro, a direção da corporação informa que, assim que o caso foi denunciado à Corregedoria, imediatamente foi aberta uma sindicância para apurar a situação.

O gerente foi afastado das funções e está em férias. Assim que retornar do período de férias ele seguirá afastado até que o caso se esclareça.

A sindicância tem prazo de 30 dias para ser concluída, podendo ser prorrogada por mais 30 dias.

A direção da Guarda Municipal não compactua com qualquer  desvio de conduta de seus agentes e, caso confirme o abuso, as devidas providências serão tomadas”.

Fonte: Tarobá News

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply