Vítimas de roubo não quiseram registrar a ocorrência em Assis

Assis Chateaubriand – Mesmo com várias viaturas, o empenho dos militares em busca pelos suspeitos por volta das 15h40 desta segunda-feira (10),  as vítimas do assalto na Avenida dos Pioneiros, não quiseram registrar o fato.

Na hora do fato, uma das funcionárias de uma loja, relatou que costumeiramente, os donos da empresa fazem uma retirada da loja, e que nesta data, os mesmos ligaram para os funcionários da loja e pediram para levar o dinheiro por volta das 14h00, onde um dos funcionários assim o fez, e que ao chegar na residência percebeu que a proprietária estava abatida, quieta, cabisbaixa, coisa que não seria o normal de sua pessoa, porém pegou o dinheiro e entrou em sua casa.

Com tal estranheza, a funcionária tentava ligar para o casal e os celulares davam como desligados, e dada fundada suspeita, por volta das 15h30, ligou para a PM e explicou a situação.

De imediato, várias equipes, inclusive ROTAM, deslocaram até a residência, e que ao chegar no local, o mesmo encontrava-se fechado, onde a equipe fez contato com o vizinho que ligou para o filho do casal, que explicou via celular, que fizeram seus pais de reféns e levaram a quantia de aproximadamente R$ 5.000,00 reais, que seria a retirada da loja.

Ambos não querem registrar a ocorrência, provavelmente por medo de represália, não sendo passado nada sobre quantidade de pessoas envolvidas, modus operandis e afins, não deram características nenhuma.

Sendo assim, dificultou a ação da PM em localizar os suspeitos, o que, facilita ainda mais os criminosos a agirem novamente no município.

A Polícia Civil vai tentar apurar, mas, caso os criminosos forem detidos, sem registro de roubo, será difícil a prisão dos mesmos.

Matéria relacionada

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply