Após abater animal e furtar carne, dois são detidos pela PM em Ouro Verde do Oeste

Ouro Verde do Oeste – Durante patrulhamento na Avenida Belo Horizonte em Ouro Verde do Oeste, uma equipe da PM avistou um Honda Civic de cor cinza, visualmente pesado, o que gerou desconfiança na equipe que procedeu a abordagem.

Ao abordar o veículo o foi verificado dois indivíduos no interior do mesmo. Durante a abordagem solicitou-se para o condutor, que abrisse o porta malas do veículo, sendo que em verificação encontrou-se uma grande quantidade de carne bovina, em grandes pedaços sujas de barro, grama e fezes.

Questionados os indivíduos sobre a procedência da carne, estes relataram que estavam em um sitio entre o município de São Jose das Palmeiras e Luz Marina de propriedade de um conhecido deles e que o irmão do condutor, trabalhava e que mataram o boi, sendo que estavam levando a carne a Cascavel para limpar e congelar. Diante dos frequentes e recentes casos de furto de carne nesta região, o qual os autores matavam e levavam a carne dos animais no próprio pasto, tal situação gerou desconfiança da equipe. Seguinte a equipe acionou o sargento Avance, policial o qual trabalha a anos na região e conhece grande parte da população, para ajudar a averiguar a situação, sendo que já presente no local, foi ligado para a pessoa, conforme número repassado pelo próprio abordado e questionado sobre o fato, sendo que este falou não ter matado nenhum animal na propriedade neste dia, e que a história que seu irmão contava tratava-se de mentira.

Diante dos fatos esta equipe questionou novamente os abordados, que começaram a demonstrar sinais de nervosismo e se contradizer em suas falas, até que assumiram terem furtado a carne bovina, que fizeram o abate na tal propriedade, que não sabem a qual pertence, e que carnearam o animal e estavam levando a carne furtada a Cascavel.

Assim sendo esta equipe solicitou apoio da equipe policial de São José das Palmeiras e deslocando até o município com os autores. Posteriormente a fazenda a qual foi morto o animal, no local indicado pelos autores, apenas restavam a buchada do animal, sendo que outros restos como patas e cabeça foram abandonadas na beira da estrada próximo a luz marina.

O autor relatou a equipe que seu irmão que organizou o abate do animal, sendo feito por ele mesmo, fazendo uso de uma arma de fogo tipo Fublet, o qual o mesmo efetuou um disparo e matou o animal. Ato seguinte as equipes deslocaram ao endereço do irmão do autor, uma propriedade rural próxima da onde foi o abate do animal, porém no local, o irmão nem outra pessoa foi encontrado.

Diante dos fatos a equipe encaminhou a 20ª SDP de Toledo, o veículo com as carnes do animal abatido juntamente com a cabeça que foi  encontrada e recolhida com marca de tiro, e os dois autores do furto.

Não podendo encaminhar a vítima, pois até então não se conseguiu encontrar o dono de tal fazenda e do animal.

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply