Seis boletins: PM é acionada para atender mais um caso de violência doméstica em Assis

Assis Chateaubriand – Ontem (17), por volta das 20h30, a Polícia Militar foi solicitada a comparecer na Rua Pernambuco, Jardim Progresso, pois o ex marido da solicitante havia lhe agredido, tanto fisicamente quanto psicologicamente.

A equipe policial deslocou rapidamente ao local, sendo que quando a viatura policial estava chegando à casa da solicitante, o autor das agressões estava saindo pilotando uma motocicleta, Honda CG 150 Sport, cor cinza, oportunidade em que a equipe deu ordem de parada, todavia, não foi obedecida pelo agressor que empreendeu fuga pela Rua Pernambuco, depois pela Rua Sergipe, até no final do Jardim Bela Vista, quando saltou da motocicleta em movimento e continuou a fuga a pé, porém, não foi mais visto. Insta registrar, que foi realizado o acompanhamento tático com os sinais luminosos (giroflex) e sonoros (sirene) ligados. Em ato contínuo, a equipe policial retornou a casa da solicitante e em conversa, esta passou a relatar que foi casada por 21 anos, com o autor, porém, aproximadamente há 7 meses, os laços matrimoniais foram rompidos, diante de algumas violências domésticas, a solicitante conseguiu Medida Protetiva em desfavor de seu ex-marido.

A solicitante disse ainda, que de alguns dias para cá, não brigaram mais e estavam conversando, sendo que nesta, seu ex-marido passou na sua casa e pediu para tomar banho e conversaram na possibilidade de reatar os laços matrimoniais, contudo, no meio da conversa o ex-marido começou a falar da mulher atual e falar mal da solicitante com dizeres: “por isso que larguei de você! Você é muito trouxa!”, sendo que neste momento a solicitante ficou nervosa, oportunidade em que seu ex-marido lhe desferiu um soco para acertar no rosto, porém, a solicitante ergueu o braço esquerdo com intuito de se defender, sendo que o soco veio acertar o braço, o que deixou um hematoma visível.

Já em conversa com o filho do casal, este relatou que sua mãe ligou para seu pai que estava cantando em uma lanchonete, para conservar referente à possibilidade de uma reconciliação, porém, durante a conversa sua mãe começou a discutir com seu pai e na sequência deu um empurrão, oportunidade em que seu pai se desvencilhou de sua mãe e saiu da casa.

A vítima foi orientada referente à opção da renovação da Medida Protetiva, bem como a realização do corpo delito para dar continuidade nas providências cabíveis.

Ao verificar junto ao sistema a situação da citada motocicleta foi constato que há débitos em seu desfavor, razão pela qual permaneceu apreendida na Sede da 3ª Cia, além de estar com o lacre da placa rompido.

Foram lavrados os Autos de Infração de Trânsito cabíveis. Será encaminhado este Boletim de Ocorrência para a Polícia Civil, para os procedimentos de Polícia Judiciária. Tempestivamente, imperioso mencionar que a solicitante e seu ex-marido possuem seis Boletins de Ocorrências registrados anteriormente.

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply