Pai de uma das crianças reféns em Cafelândia mora em Goioerê. Mãe não sabe motivo de sequestro

Foto: Colaboração Genésio Roecher

Cafelândia – O pai de uma das crianças feitas reféns pelo padrasto há mais de 20 horas na cidade de Cafelândia, é morador da cidade de Goioerê e já se deslocou na noite de segunda-feira, 2, até o local do sequestro para acompanhar de perto o desfecho da situação. A mãe já teria morado em Goioerê, mas essa informação não foi confirmada, uma vez que os nomes estão sendo mantidos em sigilo.

A mãe das crianças mantidas reféns pelo padrasto disse em entrevista que ao repórter Genésio Roecher que desconhece os motivos pelo qual o amásio fez suas crianças reféns. Ela disse que ele tem um histórico de problemas psiquiátricos.

Até a madrugada desta terça-feira as crianças eram mantidas amarradas por cordas de varal, sendo liberadas apenas para comer. Neste momento elas estariam desamarradas, mas mantidas trancadas em quartos separados da residência.

O padrasto sequestrador não fez nenhuma exigência ou pedido para as equipes de negociação e até agora não se sabe por qual razão ele mantém as crianças como reféns. Mais de 50 policiais estão no entorno da residência, mas uma invasão é descartada neste momento, e acontecerá somente se houver risco iminente à vida das crianças.

Fonte: Goionews

Confira a categoria com todas as informações de Cafelândia, atualizados, clique aqui
Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply