Pai de menino que teve braço arrancado por tigre é condenado

Cascavel – Marcos do Carmo Rocha pai do menino Vrajamani Rocha, que teve um dos braços arrancado pela mordida de tigre foi condenado. O acidente aconteceu em agosto de 2014 no Zoológico de Cascavel.

Na sentença, o juiz entendeu que o pai teve culpa no acidente, já que estava responsável pela criança. Ele foi condenado a 3 anos de reclusão. A pena será cumprida em regime aberto ou com prestação de serviço comunitário.

O menino que é morador de São Paulo, estava passando férias em Cascavel. Na época do acidente, Vrajamani ficou consciente durante o atendimento e pediu para que o tigre não fosse morto. Ele foi encaminhado ao Hospital Universitário, e precisou ter o braço amputado.

A defesa do pai pediu anulação do processo, mas o pedido foi negado.

Fonte: Tarobá News

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply