Após assalto duas pessoas ficam feridas, uma em estado grave em Toledo

Toledo – Por volta das 17h35 de ontem (26), a PM foi informada que no terminal rodoviário de Toledo estava ocorrendo uma briga generalizada com vítimas lesionadas. As equipes imediatamente se deslocaram para o local e aproximadamente 50 metros do local já se pode constatar que dois indivíduos, estavam agredindo um terceiro.

Os dois indivíduos agressores estavam desferindo socos e pontapés e em determinado momento um deles arremessou um pedaço de madeira em direção à vítima.

De imediato a equipe PM chegou ao local, porém as agressões não cessaram, sendo necessário uso de força de contato com bastão contra os agressores.

Os agressores foram imobilizados e algemados e em seguida um senhor, abordou a equipe da PM e relatou ainda que os agressores presos pela equipe também haviam agredido um indivíduo dentro da lanchonete.

Indivíduo que estava recebendo atendimento de uma equipe do Corpo de Bombeiros e estava com ferimentos no crânio em estado grave e inconsciente. Essa segunda vítima não possuía identificação naquele momento e os Bombeiros o encaminharam para receber atendimento médico emergencial devido ao estado grave.

Ainda no local, o senhor apresentou-se a equipe e relatou que foi uma das pessoas que haviam ligado para o 190 devido a ele ter sido vítima de roubo. Relatou que estava na lanchonete tomando refrigerante quando um grupo de homens o abordaram e exigiram que fosse entregue o aparelho celular aos meliantes, sendo logo em seguida agredido com alguns socos na face cujo autor foi identificado.

Diante dos relatos, tendo como vítima de lesão corporal leve o senhor (ferimento no cotovelo direito e na nuca), como vítima de roubo o senhor que teve subtraído mediante violência seu aparelho celular Samsung J6 cor branco e o terceiro indivíduo, não identificado por falta de documento, vítima de lesão corporal, foram encaminhados para a 20ª SDP e os autores juntamente com duas vítimas e devido ao estado grave com risco de haver morte, a vítima não identificada foi levada até a UPA. Durante a prisão foi necessário uso de força seletiva para fazer cessar a injusta agressão dos autores bem como algemas.

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply