Homem pede socorro no Fórum após ser ameaçado de morte em Assis Chateaubriand

Assis Chateaubriand – Por volta das 12h45 desta sexta-feira (13), a Polícia Militar foi solicitados por um solicitante de 56 anos de idade, ocasião em que o homem disse que estava no Conselho Tutelar para tratar de assuntos acerca da guarda de seu filho a pedido do Conselho Tutelar, porém, quando estava andando nas proximidades do local supramencionado, a mãe de seu filho de 36 anos de idade, juntamente, com seu companheiro atual de 40 anos de idade, que estavam em um corsa na cor branca, desceram do citado veículo, sendo que o companheiro de sua ex-mulher, estava com uma faca na cor branca nas mãos, oportunidade em que foi em direção do solicitante dizendo:

“Hoje vou te matar, você não vai viver para cuidar do seu filho”, sendo que o solicitante conseguiu escapar porque saiu correndo e pedindo socorro. Pouco tempo depois, a equipe policial foi até as proximidades do local mencionado, sendo que não encontrou o solicitante, contudo, o COPOM novamente informou a equipe policial que o solicitante já estava no Fórum, na Vara Criminal, pedido por socorro, razão pela qual, os serventuários da justiça ligaram para o “190” pedido a presença da equipe policial, haja vista, que o solicitante já se encontrava com ferimentos no braço direito do tipo escoriações, causado durante a tentativa de escapar. 

A equipe policial foi até ao Fórum, onde foi encontrado o solicitante, que confirmou os fatos relatado e disse ainda que conseguiu escapar do primeiro ataque que ocorreu, porém, quando já estava nas proximidades do Fórum, indo sentido a delegacia para registrar os fatos, oportunidade em que foi alcançado novamente pelos noticiados e tentaram novamente contra a vida do solicitante, razão pela qual, a vítima adentrou no interior do Fórum, sendo que servidores da Vara Criminal se disponibilizaram em caso de necessidade a testemunharem referente os fatos ocorridos no Fórum. 3

Diante do exposto, a equipe passou ficar ciente que os fatos relatados possuem correlação com os fatos registrados em um boletim de ocorrência anterior, pela mesma equipe policial, sendo assim, a equipe começou a diligenciar para encontrar os noticiados, que no patrulhamento, a equipe policial visualizou os noticiados em um veículo GM Corsa, na cor branca, ocasião em que foi realizado a abordagem, sendo que após a equipe policial relatar ao indivíduo noticiado, que seria conduzido até a Sede da 3ª Cia, este discordou e passou ficar a agitado, agressivo, se esquivando da equipe policial, motivo pelo qual, a equipe policial imobilizou o mesmo, bem como foi realizado uso de algemas.

Após isso, o indivíduo passou a obedecer as ordens emanadas pela equipe policial. Foi realizado vistoria no interior do veículo e não foi localizada a faca mencionada pelo solicitante, todavia, a mulher noticiada passou ficar muita agitada contestando a ação policial com dizeres:

“Meu esposo não fez nada, o solicitante correu de medo, não tem faca não, pode revistar o carro, vocês não vão encontrar a faca porque não tem nada de faca, o solicitante esta mentindo, a polícia só protege quem tem dinheiro”.

Mesmo após vistoria minuciosa no veículo, não foi possível encontrar a faca supostamente utilizada contra a vida do solicitante, porém, a  mulher estava com uma pequena bolsa, sendo que a equipe policial pediu a bolsa da mesma para realizar a revista, oportunidade em que a mulher não quis entregar a bolsa, apenas abrindo-a e mostrando que só havia alguns papéis, porém, não foi possível a equipe policial ver o interior da bolsa com precisão, oportunidade em que a equipe policial tentou pegar a bolsa e esta puxou a mesma e disse:

“Na minha bolsa ninguém coloca as mãos”, ocasião em que a equipe policial usou da força física necessária para pegar a bolsa, sendo que no interior da citada bolsa que estava com a  mulher foi encontrada uma faca, na cor branca, com 25 centímetros, sendo que diante das circunstâncias, a mulher também recebeu voz de prisão.

Foi mostrada a faca para o solicitante e este reconheceu como sendo a faca que o indivíduo noticiado tinha nas mãos no momento em que tentou contra sua vida. Já na Sede da 3ª Cia, a mulher proferiu várias ameaçadas em detrimento da pessoa do solicitante com dizeres:

“Você vai me pagar muito caro, vou acabar com eles, isso não vai ficar assim, posso até ser presa, mas, tenho gente aqui fora”, entre outras ameaças generalizadas.

A conselheira acompanhou a condução da noticiada até a Sede da 3ª Cia, bem como permaneceu até o fim da confecção do boletim de ocorrência.

O veículo GM Corsa, ficou apreendido na Sede da 3ª Cia, em decorrência da lavratura de dois Autos de Infração de Trânsito pelos artigos 230, inciso XVIII e 230, inciso IX, ambos do Código de Trânsito Brasileiro.

O solicitante, juntamente, com os autores e a faca foram entregues na 48ª DRP.

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply