Mulheres suspeitas por morte de recém nascida em 2013 são julgadas

Cascavel – Nessa manhã (30), está sendo realizado o julgamento de Claudiane de Moura e Emilly Batalha no Fórum de Cascavel. 

Investigações indicam que Claudiane ficou grávida e por não querer a criança, ela e Emilly teriam enrolado a recém-nascida em uma toalha, colocado dentro de um saco de lixo e por fim em uma mochila. Elas deixaram a bolsa em um terreno no Bairro Canadá, em 2013. A menina morreu por asfixia. 

O resultado do julgamento deve ser divulgado hoje, mediante o encerramento dessa situação. 

As duas foram presas ainda em 2013. 

CRIME E PRISÃO 

Emily Batalha, na época com 19 anos, foi  apontada como a pessoa que havia deixado uma mochila em meio ao matagal, na companhia de um mototaxista.

Claudiane Aparecida Rodrigues de Moura, na época com 24 anos, admitiu que o bebê era dela. O delegado entendeu tratar-se de infanticídio autuou a suspeita em flagrante. 

As acusadas foram colocadas à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: Tarobá News

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply