Homem faz xixi em posto de combustíveis ameaça funcionários e causa confusão em Assis Chateaubriand

Era por volta das 17h30 deste sábado (29), quando uma equipe da PM foi solicitada a comparecer um posto de combustíveis localizado na Avenida Tupãssi, Centro, onde havia uma pessoa alterada prejudicando o trabalho dos funcionários. A equipe deslocou até o local em contato com uma das funcionárias, esta relatou que, um homem estava consumindo bebida alcoólica nas dependências do estabelecimento, que em determinado momento pediu para fazer uso do banheiro, onde o mesmo foi informado o local e fez uso do mesmo.

Em um segundo momento o homem retornou ao interior da conveniência do posto e deslocou até o escritório administrativo do posto e urinou no chão, com intuito de provocar uma funcionária que estava trabalhando no caixa. Diante da situação,  chamou o outro funcionário do posto para dialogar com o indivíduo, sendo que o mesmo, ficou alterado e começou a gritar com os funcionários com dizeres “vocês sabem quem sou eu?” “meu genro e policial”, com intuito de ameaçar, momento em que dava tapas e pancadas no balcão do caixa, dizendo que “mijei e mijo de novo”, eque na discutição agarrou o braço do funcionário, sendo que este se afastou.

O causador da confusão chegou ao ponto de lhe falar em alto tão de voz no meio dos clientes e nas presenças dos demais funcionários: “você não honra a ****** que você tem no meio das pernas”. A equipe em conversa com o elemento, este relatou que não existiam placas de sinalização do banheiro e afirmou ter urinado no chão: “fiz mesmo e faço quantas vezes eu quiser”, e começou a gritar com a equipe policial dizendo: “se estou errado me prende, vai me prende”. Em conversa com os funcionários do posto, estes manifestaram o interesse em representar contra o autor do fato.

Sendo assim todos foram encaminhados a Sede da 3ª Cia para confecção do boletim de ocorrência. Durante a confecção do Bou , o homem fazia sinais de armar com os dedos em direção  da pessoa dos funcionários, de maneira a intimidá-los. Já na Sede da 3ª Cia, o homem apresentou comportamento arrogante, irônico, queria ficar andando pelas dependências do estabelecimento militar, sendo que ao solicitar o mesmo para ficar na área destinada ao atendimento ao público, este bateu com as duas mãos sobre a mesa de atendimento ao público dizendo: “quem vocês pensão que são eu fico onde eu quero, isso não vai ficar assim”, neste momento a equipe policial perguntou ao mesmo, qual seria a intenção dele com tal fala, se seria com intuito de ameaçar/intimidar a equipe policial, ocasião em que o mesmo disse: ”não, não”, de forma irônica.

O homem ficou conversando por bom tempo com alguém pelo aparelho telefônico, sendo que a possível conversa apresentava como objetivo para tenta intimida tanto as vítimas quanto os policiais. Pouco tempo depois, as vítimas por medo das ameaças proferidas pelo homem, conforme constatado pelos policias, não quiseram ficar no mesmo ambiente de espera. O indivíduo falava que “bicho mulher tem muito poder, só porque ela é mulher pode falar o que quer, quer mandar em tudo, não pode ficar ouvindo mulher não, não pode ficar acho que só porque é mulher fala o que quer”.

Após toda a situação, todos foram conduzidos para a 48ª DRP, para procedimento de Polícia Judiciária.

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply