“Quero pedir perdão para a família”, diz suspeito da morte de socorrista do SAMU

O apresentador Oziel Luiz, do programa Tempo Quente, conversou com exclusividade com o suspeito da morte do socorrista do SAMU, Luciano Confortin, em Nova Aurora na última sexta-feira (21).

Apesar de se apresentarem na Delegacia de Polícia Civil de Cascavel ontem a noite (26), os irmãos Wilchen, suspeitos do crime,  não ficarão presos por não haver prisão preventiva contra eles.

De acordo com o advogado deles, Luciano Katarinhuk, ambos não se apresentaram em Nova Aurora por questão de segurança, temendo algo contra a vida deles diante do calor de revolta, principalmente dos familiares da vítima.

Os irmãos se dizem muito arrependidos pelo ocorrido e que perderam a cabeça, mas responderão em liberdade.

Já o pai, Anir, inconsolável, pede perdão à família de Luciano Confortin, afirmando que reside há trinta anos em Nova Aurora e jamais foi de violência. Lamenta muito por tudo o que os filhos fizeram.

Matéria relacionada

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply